Hall

Farei o possível para esquecer quando vou entrar aqui. Há muita bagunça em tudo. Promessa de tessituras, carretéis de vontades guardadas, muito bem. Virei nos dias errados, nas horas dormidas, no amanhecer das lembranças.

Algo a saber:

Aqui, um tanto de palavras desditas, deixadas ao rés do chão, ajuntadas. Parece, às vezes, que o roda-pé foi esticado, e se transformou em parede.  Entramos nesse lugar que nos permitiram ficar. Então, é assim, sentamos nos desvãos arbitrários de algum vitrinista que resolveu ajuntar coisas no ambiente.

As a new WordPress user, you should go to your dashboard to delete this page and create new pages for your content. Have fun!